Algumas considerações sobre as consequências sociais e psicológicas do processo migratório

  • Leonardo Della Pasqua
  • Fabio Dal Molin
Palavras-chave: Identidade, Aculturação, Psicologia intercultural, Síndrome do imigrante com estresse crônico e múltiplo/Síndrome de Ulisses

Resumo

Este artigo discute as consequências sociais e psicológicas do fenômeno migratório em imigrantes brasileiros não documentados em Roma. A experiência relatada provém de fragmentos de encontros de um grupo de auto-ajuda realizado na “Nossa Senhora Aparecida: Comunità Brasiliana a Roma”. O fenômeno migratório foi identificado como estressor e causador de sofrimento psíquico. Evidenciou-se a necessidade de eficazes mecanismos nos âmbitos político, social e na área da saúde mental para auxiliar o imigrante em seu processo de integração no país que o deveria acolher.
Palavras-chave: Identidade; Aculturação; Psicologia intercultural; Síndrome do imigrante com estresse crônico e múltiplo/Síndrome de Ulisses

This article regards to the social and psychological consequences of the migratory phenomenon to undocumented Brazilian immigrants in Rome. The reported experience makes reference to fragments of the outcome of the self-help group meetings held in “Nossa Senhora Aparecida: Comunità Brasiliana a Roma.” The migratory phenomenon has been identified as a stressor and a cause of psychological distress. It has been proofed that effective mechanisms in political, social and mental health areas should be taken in order to help the migrant in the integration process at the arriving country. 
Keywords: Identity; Acculturation; Intercultural psychology; Immigrant syndrome with chronic and multiple stress/The Ulysses Syndrome

Biografia do Autor

Leonardo Della Pasqua
Fabio Dal Molin