Foco e Escopo

A Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana - REMHU é uma publicação semestral do Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM, das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo - Scalabrinianas. A Revista publica artigos acadêmicos resultantes de pesquisas originais teóricas ou de campo relacionados ao tema das migrações em seus diversos aspectos.

 Seu objetivo é oferecer ao mundo acadêmico, aos pensadores e articuladores das políticas migratórias e da pastoral, análises interdisciplinares sobre temas ligados à mobilidade humana contemporânea em nível internacional.

 A REMHU, seguindo a missão própria do CSEM, prioriza em seus estudos e publicações a circulação de saberes e estudos que favoreçam a defesa e promoção dos direitos humanos das pessoas e dos povos em mobilidade.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

A REMHU é aberta a contribuições nacionais e internacionais (português, inglês, espanhol, italiano e francês). Na seleção dos manuscritos para publicação, avaliam-se a originalidade, a relevância do tema e a qualidade da metodologia científica utilizada, além da adequação às normas editoriais adotadas pela revista. Todos os manuscritos submetidos à revista são avaliados pelo Editor-Chefe e revisados por dois ou mais referees externos especialistas no tema e anônimos, sendo o sigilo garantido em todo o processo de revisão. Os manuscritos aceitos serão enviados para os autores para que sejam efetuadas as eventuais modificações e para que os mesmos tomem conhecimento das alterações a serem introduzidas no processo de edição. Os autores deverão retornar o texto com as modificações solicitadas, devendo justificar na carta de encaminhamento, se for o caso, o motivo do não atendimento de sugestões. Ao final do processo a comissão editorial tomará a decisão quanto à aprovação ou não.

A Revista adota os sistemas Plagium, Plagiarism Checker e/ou CopySpider para identificação de plagiarismo.

 

Periodicidade

A REMHU, Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana é uma revista quadrimestral. 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Todo el contenido del periódico, excepto donde esté identificado, está licenciado bajo una Licencia Creative Commons del tipo atribución BY.

 

Código de Ética da REMHU

A REMHU adota os princípios contidos nos Códigos de Ética do Committee on Publication Ethics (COPE) (http://www.publicationethics.org/) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (http://www.cnpq.br/web/guest/diretrizes).

 

Propriedade intelectual

 A REMHU é editada pelo Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM, de Brasília (http://www.csem.org.br; e-mail: csem@csem.org.br)

A REMHU é financiada pela Associação Educadora São Carlos/CSEM, da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo - Scalabrinianas com sede em Roma, Itália (http://www.scalabriniane.org).

 

Apresentação da REMHU

A revista REMHU publica contribuições nacionais e internacionais (português, inglês, espanhol, italiano e francês) com o objetivo de oferecer amplos estudos interdisciplinares e análises aprofundadas sobre temas ligados à mobilidade humana contemporânea em nível internacional, tais como migrações, refugiados, tráficos de pessoas, deslocados ambientais, políticas e legislações migratórias, assistência e acompanhamento de pessoas em mobilidade, cuidado pastoral e teologia das migrações, entre outros.

A Revista inclui artigos acadêmicos e inéditos resultantes de pesquisas originais teóricas ou de campo, relatórios de pesquisa, reflexões sócio-pastorais, entrevistas, resenhas de livros e resumos de dissertações e teses sobre mobilidade humana ou temas afins.

O artigo deve possuir no máximo 3 (três) autores, com titulação mínima de mestre (para as seções "Dossiê" e "Artigos"). É possível aceitar textos de mestrando(a), desde que tenham sido escritos em coautoria com doutores(as).

A REMHU não aceita manuscritos já publicados ou submetidos para outro periódico; já divulgados integral ou parcialmente na internet; partes de teses e dissertações; textos publicados em anais de eventos científicos.

O público alvo da REMHU é a comunidade acadêmica, nacional e internacional, bem como os pensadores e articuladores das políticas migratórias, da assistência social e da pastoral da mobilidade humana.

Os artigos aceitos para a publicação se tornam propriedade da revista.

Os textos são publicados em até 5 idiomas: português, italiano, espanhol, inglês e francês.

O título abreviado do periódico é REMHU, Rev. Interdiscip. Mobil. Hum. (Impr.), que deve ser usado em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográficas.

 

Observações:

A revista não se responsabiliza pelas referências bibliográficas fornecidas pelos autores.

Os trabalhos, mesmo que não aceitos para publicação, não serão devolvidos.

Os artigos originais enviados deverão estar definitivamente revistos e adequados às novas regras da língua portuguesa.

Os conceitos e declarações contidos nos trabalhos são de total responsabilidade dos autores.

Os trabalhos refletem as opiniões de seus autores e não necessariamente as do Comitê Editorial.

 

Envio de manuscritos

Os artigos devem ser enviados à Revista REMHU pelo site de submissão eletrônica de manuscritos: http://www.csem.org.br/remhu

Não há taxas para submissão e avaliação de artigos.

 

Indexadores

Scielo Brasil, biblioteca eletrônica que abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros

Redalyc, Red de Revistas Cientificas de America Latina y el Caribe,España y Portugal. Impulsada por la UAEM para la difusion de la ciencia en acceso abierto

CLASE, base de datos bibliográfica creada en 1975 en la Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM)

Latindex, Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

DOAJ, Directory of Open Access Journals

 

Sponsors

CSEM - Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios

 

Histórico do periódico

Até dezembro de 2005 a revista do CSEM foi publicada com o título “Scalabriniane nel mondo”. Era uma publicação semestral relativa à atuação sócio-pastoral das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo, Scalabrinianas a serviço de migrantes e refugiados em diferentes países e realidades.

A partir de 2006, o Centro de Estudos começou a publicação da Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana, REMHU.

Desde então foram publicados os seguintes números:

2006 – Projeto Migratório – ano XIV, n. 26 e 27, 308 pp.

2007 – Migração e religião – ano XV, n. 28, 274 pp.

2007 – Feminização das migrações – ano XV, n. 29, 228 pp.

2008 – Família migrante – ano XV, n. 30, 272 pp.

2008 – Migrações Internacionais e Direitos Humanos – ano XVI, n. 31, 592 pp.

2009 – Redes Migratórias – ano XVII, n. 32, 251 pp.

2009 – Migração e Desenvolvimento – ano XVII, n. 33 – jul./dez., 344 pp.

2010 – Migração e identidades – ano XVIII, n. 34 – jan./jun., 264 pp.

2010 – Políticas Migratórias - ano XVIII, n. 35 - jul./dez., 304 pp.

2011 – Refugiados Ambientais - ano XIX, n. 36 - jan./jun., 298 pp.

2011 – Tráfico de pessoas - ano XIX, n. 37 - jul./dez., 312 pp.

2012 – Conviver con o diferente - ano XX, n. 38 - jan./jun., 308 pp.

2012 – Migrações e dados estatísticos - ano XX, n. 39 - jul./dez., 312 pp.

2013 – Migração e saúde - ano XXI, n. 40 - jan./jun., 280 pp.

2013 – Retorno e circularidade - ano XXI, n. 41 - jul./dez., 320 pp.

2014 – Crianças e adolescentes migrantes - ano XXII, n. 42 - jan./jun., 296 pp.

2014 – Migrações forçadas - ano XXII, n. 43 - jul./dez., 296 pp.

2015 – Migrações e fronteiras - ano XXIII, n. 44 - jan./jun., 284 pp.

2015 – Criminalização das Migrações  - ano XXIII, n. 45 - jul./dez., 324 pp.

2016 – Migraçõs, meios de comunicação e processos comunicacionais  - ano XXIV, n. 46 - jan./abr., 220 pp.

2016 – O protagonismo dos migrantes  - ano XXIV, n. 47 - mai./ago., 224 pp.

2016 - Movimentos sociais e mobilizações de migrantes e refugiados - ano XXIV, n. 48 - set./dez., 220 pp.

2017 - Migrantes no mercado de trabalho: precarização e discriminação - Vol. 25, n° 49 - Abril, 288 pp.

2017 - Dilemas éticos das migrações - Vol. 25, nº 50 - Agosto, 240 pp.

2017 - Migrações no Mediterrâneo: entre fronteiras e acolhimento - Vol. 25, nº 51 - Dezembro, 216 pp.

2018 - Direito à cidade: segregação e lutas pela cidadania - Vol. 26, n° 52 - Abril, 284 pp.

2018 - Racismos - Vol. 26, n. 53 - Agosto, 252 pp.

2018 - Migrações na África: sujeitos, impactos e desafios - Vol. 26, n. 54 - Dezembro, 264 pp.