Gênero e migrações: trajetórias globais, trajetórias locais de trabalhadoras domésticas

Autores

  • Teresa Kleba Lisboa

Palavras-chave:

gênero, mulheres, migrações, família

Resumo

Este artigo apresenta as trajetórias de migração em nível global e local e discute a crescente feminização das migrações. Aproximadamente 100 mil mulheres de todo o mundo movem-se anualmente em fluxos migratórios, para assumirem trabalhos domésticos, na esfera privada. As principais causas das migrações estão ligadas à luta pela sobrevivência, oportunidade de trabalho, de estudo e conquista da independência em relação a opressão ou violência. A pesquisa constatou que, para conter o grande fluxo de migração de mulheres, são necessárias políticas públicas direcionadas às mesmas, ou seja, oportunidade de trabalho bem remunerado, acesso à educação gratuita e de qualidade para si e para seus filhos e programas voltados para superação da violência intrafamiliar.

This article presents the migration trajectories on global and local levels and also discusses their growing process of feminization. Approximately, 100 thousand women all over the world move annually into migratory fluxes to domestic jobs in the private sphere. These migrations main causes are linked to survival struggle, opportunities of work and study and the independence from oppressive and violent relations. The research verified that in order to contain the women migration great flux is necessary the implementation of public policies looking for well paid jobs, free and qualified education access for them and their children and programs oriented for the ending of inner-family violence.

Biografia do Autor

Teresa Kleba Lisboa

Downloads