Os atingidos por barragem: refugiados de um guerra desconhecida

Autores

  • Renata da Silva Nobrega

Resumo

Em todo o mundo, os chamados “projetos de desenvolvimento”, como estradas, ferrovias e barragens, são responsáveis pelo deslocamento compulsório e pelo empobrecimento de milhões de pessoas, a despeito das promessas de “progresso” que justificam a execução de tais obras. As vítimas desta “guerra desconhecida” têm sido chamadas de “refugiados do desenvolvimento”, numa elaboração política e teórica que busca visibilizar o sofrimento vivido por estas pessoas, bem como buscar os devidos meios de reparação dos danos causados. Dentre os “refugiados do desenvolvimento”, destacam-se os “atingidos por barragem”, situação vivenciada por cerca de quarenta a oitenta milhões de pessoas e foco deste artigo, que se pauta na violência como dimensão central para a compreensão dos deslocamentos compulsórios provocados pelas barragens. Palavras-chave: refugiados do desenvolvimento; atingidos por barragem; violência.
All over the world, the so-called “development projects” such  as roads, railways and dams, are responsible for compulsory displacement and the impoverishment of millions of people, despite promises of “progress” which justify the execution of these constructions. The victims of this “unacknowledged war” have been called “development refugees” in a political and theoretical view that seeks to make the suffering of these people visible and to find ways to restore the damages caused to them. Among the “development refugees”, the “dam-affected people” stand out; this phenomenon affects about forty to eighty million people, and is the focus of this article, which is based on violence as a central dimension to understanding the compulsory displacement caused by dams.Keywords: development refugees; dam-affected people; violence.

Downloads