Livros migrantes – uma geografia literária do livro yiddish no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-85852503880006207

Palavras-chave:

imigração judaica, bibliotecas, geografia literária, livro yiddish

Resumo

O presente texto reconstitui a geografia literária do livro yiddish traçada pela imigração judaica da Europa do Leste para o Rio de Janeiro, a partir do início do século XX. Examinando as marcas da trajetória espacial destes livros migrantes, o artigo procura, a partir da consulta ao acervo composto ao longo de mais de cem anos pela Biblioteca Scholem Aleichem do Rio de Janeiro, descrever a espacialidade dos fluxos culturais expressos nos livros e entender a sequência de ações que deu vida extraterritorial a tais objetos, exprimindo os conteúdos intelectuais compartilhados por uma geração que militou na convergência entre luta social e luta linguística.

Biografia do Autor

Henri Acselrad, IPPUR/UFRJ

IPPUR/UFRJ e pesquisador do CNPq. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: hacsel@uol.com.br.

Downloads

Publicado

2021-09-13