Liberation Nation? Queer Refugees, Homonationalism and the Canadian Necropolitical State

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-85852503880005905

Palavras-chave:

refugiados, migração, queer, sexualidade, Canadá

Resumo

Este artigo apresenta uma visão geral dos processos de determinação do status de refugiado do Estado canadense para pessoas que o solicitam no Canadá com base na orientação sexual ou expressão de identidade de gênero (SOGIE, em inglês). O Canadá tem uma reputação internacional de ser uma nação acolhedora para os refugiados desta categoria (assim como para outras categorias de requerentes), uma reputação promovida pelo próprio governo canadense e pela grande mídia. No entanto, em minha pesquisa etnográfica com solicitantes de refúgio da categoria SOGIE que passam pelo processo de determinação de refúgio do Canadá, eu revelo que os requerentes precisam aprender rapidamente como construir uma narrativa ‘autenticamente’ gay, lésbica, bissexual ou transgênero que atenda aos padrões de credibilidade ou correm o risco de serem identificados pelo juíz como ‘falsos’ refugiados, enfrentando, assim, encarceramento e/ou deportação. Argumento que a sexualidade agora constitui um componente crucial do aparato de controle...

Biografia do Autor

David Murray, York University

York University, Department of Anthropology. Toronto, Canadá. E-mail: damurray@yorku.ca.

Publicado

2020-09-10