The Effectiveness and Impact of an Intervention Program on Migration and Health with Mexican Undergraduate Students

  • María Elena Rivera Heredia Profesora Investigadora de la Universidad Michoacana de San Nicolás de Hidalgo. Morelia, Michoacán, México. E-mail: maelenarivera@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-5835-0789
  • Diana Tamara Martínez-Ruiz Directora de la Escuela Nacional de Estudios Superiores (ENES), Unidad Morelia. Morelia, Michoacán, México. E-mail: tamaramartinezruiz@gmail.com http://orcid.org/0000-0003-1893-4613
  • Ericka Ivonne Cervantes-Pacheco Profesora Investigadora de la Universidad Michoacana de San Nicolás de Hidalgo. Morelia, Michoacán, México. E-mail: erickapsic@gmail.com http://orcid.org/0000-0003-2498-6815
  • Nydia Obregón-Velasco Profesora Investigadora de la Universidad Michoacana de San Nicolás de Hidalgo. Morelia, Michoacán, México. E-mail: nyboe07@yahoo.com.mx http://orcid.org/0000-0002-1038-914X
Palavras-chave: migração, saúde mental, intervention program, programa de intervenção, mexicano

Resumo

A migração tem impacto psicológico naqueles que migram e em suas famílias deixadas para trás. Avaliamos um programa de intervenção para fortalecer recursos individuais, sociais e familiares em 120 estudantes de graduação mexicanos com migração em suas famílias. O estudo foi um desenho quase experimental. Os dados foram coletados antes, durante e ao final da intervenção e um ano depois. A sintomatologia depressiva, escalas individuais, sociais e de recursos familiares foram avaliadas. Os participantes aumentaram seus recursos individuais, sociais e familiares e diminuíram sua sintomatologia depressiva mais do que o grupo controle. Concluímos que intervenções dentro de um espaço de discussão aberta educacional e reflexiva ajudarão a abordar problemas psicossociais em membros de famílias imigrantes deixados para trás.

Publicado
2019-04-25