A escuta psicológica como ferramenta de integração

práticas clínicas e sociais em um Centro de Referência de Atendimento a Imigrantes em Santa Catarina

Palavras-chave: migração, psicologia, acolhimento psicológico, refúgio

Resumo

As migrações representam modificações nos territórios geográfico e subjetivo que precisam de acolhida e suporte para manutenção do fio de condução entre o sujeito que migra e sua própria história. Este artigo apresenta reflexões sobre a construção de um Serviço de Psicologia dentro de um Centro de Referência de Atendimento a Imigrantes, em Santa Catarina, na cidade de Florianópolis, e a utilização da escuta psicológica como ferramenta na qualificação da acolhida e integração de imigrantes e refugiados nesta região.

Biografia do Autor

Gustavo da Silva Machado, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorando em Psicologia pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis - SC, Brasil. E-mail: machadosgustavo@gmail.com

Publicado
2019-04-25